A B3, Brasil, Bolsa e Balcão, nasce da fusão entre a BM&FBOVESPA e a Cetip, se tornando a 5ª maior Bolsa do mundo, surge com a integração da Bolsa de Valores com a fonte de infraestrutura do mercado financeiro brasileiro, aumentando o leque de serviços oferecidos pela BM&FBOVESPAe os dados recebidos por essa.

A demanda da B3 está relacionada com a grande quantidade de dados que esta tem contato todos os dias, sendo necessária análise sobre esses dados para identificar padrões de movimentações financeiras em diferentes cenários. Outro ponto são os estudos de como a família brasileira média aloca seus recursos, e como esta poderia se aproximar da atuação da bolsa de valores. Após a fase de seleção dos dados e confecção dos gráficos pelo próprio Excel, deve-se compará-los com dados antigos, tendo em vista a variação do cenário político e econômico como um todo.

Tendo em vista a análise da poupança do brasileiro, estuda-se como o brasileiro médio poupa e usa seu dinheiro poupado, mirando os ativos de maior interesse e quais os produtos financeiros mais utilizados. Faz-se o uso de dados micro e macroeconômicos para tentar encontrar padrões e descobrir como esses poupadores se comportam em diferentes cenários. O foco principal do projeto, por parte da B3, é atrair mais clientes para a bolsa de valores, por isso é tão importante a análise de dados realizada pela CJE.


Contratar a CJE nos ajudou a criar um mapeamento que nunca havíamos feito antes sobre a poupança das famílias brasileiras, e a partir disso nos trazer informações e análises suficientes para encontrar os potenciais investidores. Os consultores entenderam a dinâmica do projeto muito rápido, sempre trazendo ideias novas, mantendo a organização da atividade, repassando de forma didática aquilo que foi agregado, tirando todas as dúvidas quando conveniente e automatizando todos os passo-a-passos para futuras atualizações.”

ISABELLA DANTAS HIRSH
Analista de negócios na B3



O que mais me agregou no projeto da B3 foi aprender a lidar com clientes, algo que nunca tinha vivenciado antes. Além disso, vivi diversas situações inesperadas, então aprendi a resolver problemas e a lidar com imprevistos, algo corriqueiro no mercado de trabalho. Acredito que ter experiências como essas durante a faculdade faz o estudante ingressar no mercado de trabalho muito mais preparado.”

BRUNO BETENSON
Coordenador do projeto da B3

Assista nosso vídeo do projeto

 
 

Quer um serviço In Company?

ENTRE EM CONTATO