O Clube de Investimentos CJE/FF surgiu com base nas alocações teóricas realizadas no Comitê de Investimentos, tendo como base as Macros e osEquity Research, explicados mais a fundo no próximo tópico. Utilizamos, principalmente, o método Fama and French Three Factor Model para fazer a precificação dos ativos expandindo o método tradicional, o CAPM*, ao acrescentar tamanho e fator valorativo no risco de mercado durante a precificação, garantindo maior veracidade nas medidas. Dessa forma, os consultores analisam quais ativos estão com valor de mercado abaixo do valor agregado que esses possuem e fazem alocações de acordo com essa análise.

É digno de nota que a CJE é a primeira consultoria júnior do país a participar ativamente de reuniões referentes a manutenção de um fundo de investimentos. É importante ressaltar que o Clube de Investimentos CJE/FF Invest tem, como objetivo principal, o aprendizado e a aplicação de teorias aprendidas no curso de graduação. Os consultores da empresa que participam do projeto têm a oportunidade de ter experiências como alocação das ações, participação e organização de reuniões para prestação de contas com os clientes. Todas as alocações são planejadas e estruturadas de acordo com as análise de precificação dos ativos e do cenário macroeconômico geral. Esse projeto é feito em parceria com a corretora Concórdia, que oferece possibilidade também de estágio nas férias para os membros da CJE.

É importante ressaltar que o apoio e auxílio de Professores e da FGV fez com que fosse possível entrar em contato com investidores e parceiros, que concordaram em investir capital, formando o fundo CJE/FF e proporcionando aos membros viver essa experiência durante o tempo de faculdade. Vale ainda ressaltar que todas as alocações são discutidas no Comitê sobre a mira do tutor e professor Paulo Tenani.


O objetivo principal do CJE/FF é complementar a teoria e a atividade acadêmica com os reais desafios da gestão de investimentos. Assim, nasceu o CJE/FF, em julho de 2013, com a implementação do portfólio modelo FAMA/FRENCH com graduais adaptações para o Brasil. Trata-se de um projeto em constante evolução e aperfeiçoamento em função de diversos desafios trazidos pela prática e pelas próprias idiossincrasias do mercado brasileiro. Estou certo de que muitos dos problemas e desafios encontrados pelos consultores ao longo destes anos não seriam identificados e muito menos solucionados, caso o portfólio fosse apenas teórico.”

CAIO VILLARES
Diretor da Concórdia Corretora



O grande diferencial da CJE pra mim é ser a única entidade da FGV a proporcionar aos membros um aprendizado alinhado à prática em áreas do mercado financeiro. Como coordenador do Fundo CJE-FF, tive a oportunidade de aprender sobre a gestão de recursos assim como me deparei com problemas reais que não teriam surgido em um curso de finanças.”

LUIZ DE VRIES
Ex-Coordenador do projeto CJE/FF

Assista nosso vídeo e conheça mais

 
 

Contrate nossos serviços

ENTRE EM CONTATO